segunda-feira, 26 de setembro de 2016

XII Encontro de Autores de Medo e Terror da Casa do Medo




























XII Encontro de Autores de Medo e Terror da Casa do Medo

Aconteceu esse domingo o XII Encontro de Autores de Medo e Terror da Casa do Medo no nosso tradicional espaço do Castelinho do Flamengo, RJ.
O Encontro foi, talvez, um dos mais tranquilos e fluídos de todos! Em uma tarde chuvosa do Rio, nossas histórias e causos de terror nunca foram tão emocionantes. Destaque para o tradicional papo sobre cinema e filmes, nossa integrante Bruna Bernardes explicando como funciona o jogo Ouija (dos espíritos) e as histórias pessoais de cada um; como o relato do boneco de brinquedo de gnomo que falava "Lari Lari"  ao ser apertado, sozinho e sem pilha!

Então, por isso e outras que o Encontro foi ótimo...

Próximo agora em novembro: Aniversário de 2 anos do Coletivo Casa do Medo!

Até!

RM.

...


Abaixo, segue fotos dos nossos melhores momentos lá:

















































sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Casa do Medo, apresenta: XII Encontro de Autores de Medo e Terror RJ




















XII Encontro de Autores de Medo e Terror da Casa do Medo !

Tema: Crianças e Brinquedos

Está quase na hora das brincadeiras de terror com os baixinhos começarem!

Domingo, às 14hrs no Castelinho do Flamengo RJ

Venham "brincar" com a gente!!!

3:)

RM

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Fim das Paralimpíadas Rio 2016




















Término das Paralimpíadas Rio 2016 !

Pois é, terminou definitivamente os Jogos Olímpicos do Rio 2016 Brasil com o término ontem das Paralimpíadas e a cerimônia de encerramento no Maracanã.
Depois de todo esse tempo desde o dia 5 de agosto até o dia 18 de setembro a cidade do Rio de Janeiro viveu intensos dias de glória!
Foi um importante e agradável período que já entrou para a História e já está deixando saudades.
Todos os brasileiros, cariocas ou não, assim como todos do mundo inteiro que trabalharam e ajudaram a fazer esses jogos na Rio 2016, estão de parabéns! Os eventos foram incríveis!

Parabéns aos vencedores paralímpicos, verdadeiros heróis da superação!
As delegações dos países: 1° lugar: China, 2º lugar: Grã-bretanha, 3º lugar: Estados Unidos e Ucrânia (empatados)

O Brasil também por sua melhor colocação no ranking de medalhas paralímpicas até hoje; sétimo lugar!

Próxima agora em Tókio! O Rio e o Brasil se despedem passando a Bandeira e a Tocha Olímpica para o Japão!

Até!

RM.

:)


























































quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Jogos Paralímpicos Rio 2016 Brasil






























Jogos Paralímpicos Rio 2016 Brasil !!!

Começou os Jogos Paralímpicos Rio 2016 hoje com uma bela cerimônia de abertura no Maracanã!

Que Hefesto nos abençoe e bom Jogos Paralímpicos para todos !!!

RM.

...

A história dos Jogos Paralímpicos
Os primeiros eventos competitivos voltados para pessoas com deficiência surgiram na Inglaterra e nos Estados Unidos, logo após a Segunda Guerra Mundial – muito em função de inúmeros ex-combatentes terem perdido membros ou a audição enquanto lutavam.
Os primeiros jogos foram realizados em Stoke Mandeville, onde localizava-se um importante hospital e o Centro Nacional de Lesionados Medulares, em 1948. O Centro foi criado pelo governo inglês com a ajuda do neurologista Ludwig Guttmann para tratar os soldados feridos na guerra. Para tanto, os médicos adotaram o esporte como parte da reabilitação médica. Essa não era uma prática muito comum naquela época. Embora já acontecessem algumas promoções esportivas para portadores de deficiência, os Jogos de 1948 foram considerados um marco na história do esporte paraolímpico e ficaram mundialmente conhecidos como os Jogos de Stoke Mandeville, que reuniram 16 atletas, todos veteranos de guerra.
A realização dos Jogos de Stoke Mandeville, “coincidiu” com os Jogos Olímpicos de Londres, deixando claro, desde o início, o desejo do médico Ludwig Guttmann da criação de uma Olimpíada para os portadores de deficiência. O sucesso do método implantado pelo neurologista com seus pacientes foi tão grande que, pouco a pouco, médicos do mundo inteiro passaram a usar o esporte também como uma nova forma de reabilitar seus pacientes.
E já que pessoas portadores de deficiência de outros lugares, além da Inglaterra, estavam praticando esporte, nada melhor do que organizar uma nova competição. E foi assim que, em 1952, foram realizados os Jogos Internacionais de Mandeville, que reuniram nada menos do que 130 atletas ingleses e holandeses.
O sonho de Guttmann, porém, concretizou-se mesmo em 1960, com a realização dos Jogos Paraolímpicos de Roma, evento considerado pelo Comitê Paraolímpico Internacional, como o primeiro grande evento. Os Jogos Paraolímpicos de Roma, chamados de Olimpíadas dos Portadores de Deficiência, reuniram 400 atletas, de 23 países, porém, todos cadeirantes. A competição teve todo o apoio dos dirigentes mundiais e desde então, os Jogos Paraolímpicos passaram a ser realizados nas mesmas cidades e nas mesmas instalações dos Jogos Olímpicos.
Desde então, o número de atletas e modalidades disputadas não parou mais de crescer. De 400 atletas e 23 países participantes nos Jogos de 1960, fomos para 4 mil atletas e 143 países nos Jogos de Atenas, em 2004. Além do aumento incrível no número de atletas, muita coisa evoluiu no esporte para deficientes de lá para cá. O esporte para pessoas com necessidades especiais deixou de ser amador e passou a ser a atividade profissional dos atletas que passaram a buscar o alto rendimento nas competições.


Fontes:

https://pt.wikipedia.org

https://www.rio2016.com/paralimpiadas/esportes

Os pictogramas dos jogos olímpicos e paralímpicos Rio 2016: