quarta-feira, 27 de julho de 2011

esbocetos VI



Desenhos de croquis com pena de nanquim parte VI

Série, nº40

terça-feira, 26 de julho de 2011

esbocetos V



Desenhos de croquis com pena de nanquim parte V

Série, nº39
RM.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

esbocetos IV



Desenhos de croquis com pena de nanquim parte IV

Série, nº38
RM.

domingo, 24 de julho de 2011

esbocetos III



Desenhos de croquis com pena de nanquim parte III

Série, nº37
RM.

sábado, 23 de julho de 2011

esbocetos II



Desenhos de croquis com pena de nanquim parte II

Série, nº36
RM.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

esbocetos I



Desenhos de croquis com pena de nanquim parte I

Série, nº35

Considerações:

Estou começando um sketchbook novo esse ano. A partir dessa postagem, vou colocar uma seqüência das seis páginas iniciais desse novo caderno (posteriormente continuo publicando os desenhos PB e coloridos dos cadernos antigos). Todas foram feitas como desenho de observação direto da realidade e são produtos, "em primeira mão", da minha pena e tinta nanquim.

Pessoalmente, estou em uma fase de desenho em que cada dia acredito menos e duvidando mais da qualidade de trabalhos bem acabados para postar aqui pra vocês. Trabalhos bem finalizados e demorados são lindos e bacanas, também gosto, mas perante a profusão de imagens que "pipocam" na internet utilizando softwares avançados ou técnicas mirabolantes, estou enxergando mais verdade, nos artistas que publicam seus croquis. O esboceto, fala mais de quem o fez e sua visão de mundo do que o arte-finalizado. E é isso que está me interessando no momento.
Por isso, nada melhor do que trabalhar apenas com pena e tinta, preto no branco, sem correções, com todas as impurezas (e purezas!) que só um autêntico desenho possui!

Espero que gostem.

RM.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Esgrima



"Esgrimistas"
Por:R.Menicucci

...

Esgrima

A palavra esgrima vem do francês 'escrime', originado da palavra germânica "skirmjan" (do antigo provençal escrima do vocábulo germânico skirmjan, "proteger") é um desporto que evoluiu da antiga forma de combate. Os atletas competem em pistas de 14m de comprimento por 2m de largura e o objetivo é tocar o adversário para marcar pontos e, ao mesmo tempo, não ser tocado.

A esgrima virou um esporte de competição em 1874, quando surgiu a primeira escola norte-americana de esgrima. A modalidade tem disputas individuais e por equipes, masculino e feminino, com três tipos de armas diferentes nos combates: espada, florete e sabre. Nas duas primeiras os adversários podem ser atingidos apenas com a ponta da arma. Com a espada vale atingir qualquer parte do corpo, e empunhando o florete, apenas a região do tronco. Já no sabre é permitido atingir com a ponta e o corte, na região da cintura para cima.



RM.

História da Esgrima:

A história da esgrima em si tem uma origem de, pelo menos, três mil anos. Pinturas Egípcias e Gregas mostram guerreiros empunhando espadas. A Bíblia também se refere a muitas espadas ao longo dos dois testamentos. Um templo japonês construído em 1170 a.C., mostrava alguns guerreiros semi-despidos, empunhando armas pontiagudas, com bicos de protecção. A esgrima nessa época era muito mais que um simples desporto, era uma maneira de combater, como tal não havia nenhuma regra precisa, porém surge a preocupação com a técnica para aplicar e defender-se dos golpes. Em Roma, existiam escolas de gladiadores onde se formavam os doctore armarum, especialistas na arte de combater com armas brancas para entreter o público. Na idade média, a esgrima se diversificou devido aos vários formatos de espadas e sabres existentes.

Da Antiguidade à Alta Idade Média (antes de 1350):

Não se sabe da existência de nenhum manual de esgrima anterior à Baixa Idade Média (exceto por algumas instruções de luta grega, (veja P.Oxy. III 466)), embora a literatura Antiga e Medieval (Sagas Vikings e Contos Alemães) mencionam feitos e conhecimentos militares; além de arte do período mostrar combates e armamentos (Tapeçaria de Bayeux, a Bíblia Morgan). Alguns pesquisadores tentaram reconstruir antigos métodos de lutas como o Pancrácio e técnicas de combate dos gladiadores usando como referência estas fontes e testes práticos, embora estas recriações sejam mais especulativas do que baseadas em instruções reais.

A Baixa Idade Média (1350 a 1500):

A escola alemã

A figura central das artes marciais medievais na Alemanha é Johannes Liechtenauer. Pai da esgrima alemã, Liechtenauer que nasceu provavelmente no começo do século XIV, possivelmente em Lichtenau, Mittelfranken (Franconia). O que se sabe sobre ele, junto com seus ensinamentos, está preservado no Manuscrito 3227a e nos vários manuais dos seus alunos e sucessores. De acordo com esse manuscrito, Liechtenauer era um grande mestre que viajou por muitas terras para aprender sua arte. Nos manuscritos do século posterior, a sociedade do Liechtenauer (Gesellschaft Liechtenauers) é conhecida como um grupo de mestres de esgrima que se consideravam discípulos de Liechtenauer, que detinham seus ensinamentos.

A escola italiana

O primeiro manuscrito em língua italiana que se tem notícia é o manuscrito Flos Duellatorum de Fiore dei Liberi, encomendado pelo Marquês de Ferrara por volta de 1410. Neste manual ele documentou técnicas que envolvem combate corpo-a-corpo, adaga, espada de uma mão, espada longa, lanças e alabardas, combate com e sem armadura. A esgrima italiana com armas medievais ainda é representada por Filippo Vadi (1482–1487).

O começo do período moderno (1500 a 1700):

No século XVI, muitas técnicas do antigos manuscritos foram reimpressas com as técnicas modernas de impressão, notadamente por Paulus Hector Mair(por volta de 1540) e Joachim Meyer (por volta de 1570).
Neste século a esgrima alemã tendeu-se ao enfoque esportivo da arte. Os tratados de Paulus Hector Mair e Joachim Meyer descendem dos ensinamentos dos séculos anteriores na tradição de Liechtenauer, mas com novas e distintas características. O manuscrito de Jacob Sutor (1612) é um dos últimos da tradição alemã..
A escola italiana é representada pela Escola Dardi, com mestres como Antonio Manciolino e Achille Marozzo. No final do século XVI, a rapieira italiana ganha muita popularidade em toda a Europa, principalmente com o manual de Salvator Fabris (1606).

O período moderno (1700 a 1918):

Desde os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna (1896) que a esgrima faz parte das modalidades olímpicas, sendo uma das quatro modalidades que fazem parte dos Jogos Olímpicos desde a primeira edição.
As disputas masculinas começaram nas olimpíadas com o florete e o sabre em 1896. A espada foi introduzida nas disputas masculinas nos Jogos Olímpicos de 1900.
Em 1924 as mulheres começaram a participar dos jogos olímpicos, mas somente na modalidade de florete individual, e até 1992 as mulheres continuaram a jogar somente na modalidade do florete. A partir de 1996 elas começaram a competir nas olimpíadas na modalidade da espada também. E a partir de 2004 elas começaram a competir nos jogos olímpicos com o sabre.
Apesar do termo "luta de esgrima" ser freqüentemente usado, no esgrimir nunca se tem uma "luta de esgrima" ou "luta esgrima," mas sim "joga esgrima", pois o esgrima é um esporte.

Fontes:

http://www.rio2011.mil.br/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Esgrima

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Dreads



Série, nº34
Dreads

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Revolução Francesa, 14 de Julho 1789



Imperador Napoleão Bonaparte 1769 - 1821
Por: Rafael Menicucci sobre o original de Jacques-Louis David.

...



14 de Julho, Queda da Bastilha, Revolução Francesa, Império Napoleônico.

A Revolução Francesa

Revolução Francesa era o nome dado ao conjunto de acontecimentos que, entre 5 de maio de 1789 e 9 de novembro de 1799, alteraram o quadro político e social da França. Ela começa com a convocação dos Estados Gerais e a Queda da Bastilha e se encerra com o golpe de estado do 18 Brumário de Napoleão Bonaparte. Em causa estavam o Antigo Regime (Ancien Régime) e os privilégios do clero e da nobreza. Foi influenciada pelos ideais do Iluminismo e da Independência Americana (1776). Está entre as maiores revoluções da história da humanidade.
A Revolução é considerada como o acontecimento que deu início à Idade Contemporânea. Aboliu a servidão e os direitos feudais e proclamou os princípios universais de "Liberdade, Igualdade e Fraternidade" (Liberté, Egalité, Fraternité), frase de autoria de Jean-Jacques Rousseau. Para a França, abriu-se em 1789 o longo período de convulsões políticas do século XIX, fazendo-a passar por várias repúblicas, uma ditadura, uma monarquia constitucional e dois impérios.

Queda da Bastilha

A 'Bastilha' (em francês: Bastille), mais conhecida por ter sido uma prisão - assim funcionando desde o início do século XVII até o final do século XVIII - foi inicialmente concebida apenas como um portal de entrada ao bairro parisiense de Saint-Antoine, na França, motivo pelo qual era denominada Bastilha de Saint-Antoine. Encontrava-se onde hoje está situada a Place de la Bastille ("Praça da Bastilha") em Paris.
Ficou conhecida por ter sido o palco do evento histórico conhecido como a Queda da Bastilha, em 14 de Julho de 1789, o qual aliado ao Juramento do Jogo da Péla, está entre os fatos mais importantes do início da Revolução Francesa.
O evento foi grandiosamente comemorado exatamente um ano depois (em 14 de Julho de 1790) na pomposa festa que ficou conhecida como a "Fête de la Fédération" (A Festa da Federação). A data tornou-se feriado nacional na França, sendo comemorada anualmente. É popularmente chamada de "Dia da Bastilha", apesar de na França denominarem-na "Fête Nationale" (A Festa Nacional).
Em novembro de 1789 a Bastilha foi totalmente demolida.
É Importante lembrar que a Bastilha não foi uma simples prisão e sim uma prisão , destinada aos que desobedeciam as ordens da coroa. Era uma prisão politica.

Sobre Napoleão Bonaparte

Napoleão Bonaparte (em francês: Napoléon Bonaparte, nascido Napoleone di Buonaparte; Ajaccio, 15 de agosto de 1769 — Santa Helena, 5 de maio de 1821) foi um líder político e militar durante os últimos estágios da Revolução Francesa. Adotando o nome de Napoleão I, foi imperador da França de 18 de maio de 1804 a 6 de abril de 1814, posição que voltou a ocupar por poucos meses em 1815 (20 de março a 22 de junho). Sua reforma legal, o Código Napoleônico, teve uma grande influência na legislação de vários países. Através das guerras napoleônicas, ele foi responsável por estabelecer a hegemonia francesa sobre maior parte da Europa.
Napoleão nasceu em Córsega, filho de pais com ascendência da nobreza italiana e foi treinado como oficial de artilharia na França continental. Bonaparte ganhou destaque no âmbito da Primeira República Francesa e liderou com sucesso campanhas contra a Primeira Coligação e a Segunda Coligação. Em 1799, liderou um golpe de Estado e instalou-se como Primeiro Cônsul. Cinco anos depois, o senado francês o proclamou imperador. Na primeira década do século 19, o império francês sob comando de Napoleão se envolveu em uma série de conflitos com todas as grandes potências europeias, as Guerras Napoleônicas. Após uma sequência de vitórias, a França garantiu uma posição dominante na Europa continental, e Napoleão manteve a esfera de influência da França, através da formação de amplas alianças e a nomeação de amigos e familiares para governar os outros países europeus como dependentes da França. As campanhas de Napoleão são até hoje estudadas nas academias militares de quase todo o mundo.
A Campanha da Rússia em 1812 marcou uma virada na sorte de Napoleão. Seu Grande Armée foi seriamente danificado na campanha e nunca se recuperou totalmente. Em 1813, a Sexta Coligação derrotou suas forças em Leipzig. No ano seguinte, a Coligação invadiu a França, forçou Napoleão a abdicar e o exilou na ilha de Elba. Menos de um ano depois, ele fugiu de Elba e retornou ao poder, mas foi derrotado na Batalha de Waterloo, em junho de 1815. Napoleão passou os últimos seis anos de sua vida confinado pelos britânicos na ilha de Santa Helena. Uma autópsia concluiu que ele morreu de câncer no estômago, embora haja suspeitas de envenenamento por arsênico em 1821.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Dia do Rock!



Série, nº33
Dia do Rock
Yeah!
RM.

domingo, 10 de julho de 2011

Busto



Série, nº32
RM.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Árvore Colorida



Árvore Colorida
Nanquim seco raspado sobre giz de cera colorido.
RM.